Valentina

Essa é a Valentina. Tenho uma história de amor à primeira vista com ela. Que não sei se é correspondido, mas eu gosto de pensar que é. 🙂 Valentina chegou aqui do nada, numa tarde. Achei ela tão graciosa e com um miado tão lindo que me apaixonei imediatamente. Comecei a alimentá-la todos os dias e ela passou a viver um bom tempo aqui em casa. Depois que a castramos, ela voltou a viver na rua, num terreno aqui do lado. Nunca mais quis voltar pra casa. Ainda assim, sempre a vejo durante o dia. Principalmente de manhãzinha e à … Continuar lendo Valentina

Estou correndo aqui com os trabalhos, mas arranjei uma brecha para fazer esse sketch do Zé. Eu precisava fazer! O Zé é o cachorro da minha vizinha. Não tem raça definida, muito menos pedigree. E nem precisa, porque o Zé é o Zé. Cachorrinho único, sem similar no mundo. Nunca vi cachorro mais dócil e companheiro, de olhar manso, fiel, e triste. Que de triste não tinha nada, era só um engano provocado pelas manchinhas escuras em seus olhos. Zé é todo feito de alegria, e era impossível andar na rua na companhia dele – e ele sempre me acompanhava … Continuar lendo

Bob, o Duende

Fiz essa arte para ilustrar um poema que a Sayonara fez em memória de um grande amigo dela, que morreu recentemente. Infelizmente não tive a oportunidade de conhecê-lo, a vida não deixou, mas sei que o Bob Medina era uma pessoa muito querida por todos que o conheciam e uma figura importante para a cena cultural de Manaus. Não deixou filhos, mas deixará muitas saudades em todos(as) que o conheceram. Continuar lendo Bob, o Duende

Diário desenhado: Visita à ONG

Na última sexta-feira, a Sayonara e eu fomos até a ONG “Anjos de Rua” levar nossa gata Valentina para castrar. Por um valor simbólico, a ONG acolhe animais de rua para fazer castração, vacinação, e ainda promove feiras de adoção onde pessoas que recolhem animais de rua, mas que por vários motivos não podem cuidar deles, possam fazer com que esse bichinhos encontrem um lar. Foi uma tarde muito gostosa! O clima dentro da ONG não poderia ser melhor. Estávamos rodeados de pessoas que realmente amam e se importam com aqueles animais. A Sayonara, que tem mais habilidades sociais que eu, … Continuar lendo Diário desenhado: Visita à ONG

Fantasma 1536

Esse é um exercício de imaginação que fiz ontem. Tentei imaginar como poderia ser o visual do primeiro Fantasma/Kit Walker, em 1536. A ideia não é original. Sei que nos EUA mostraram, numa série recente, o Fantasma com visuais diferentes ao através do tempo. Mas eu não vi a série e não sei se criaram algo para o primeiro Fantasma. Então, resolvi colocar minha ideia no papel. 🙂 Continuar lendo Fantasma 1536