Rua das Sete Casas

“Rua das Sete Casas”. Não é o verdadeiro nome da rua, mas é assim que minha família e eu nos referimos a ela. Quem vê hoje vê essas casas assim, com esse aspecto de abandono, nem imagina que aqui já foi um lugar cheio de vida. Lembro do som de músicas antigas que saía de uma delas. Às vezes a música da vitrola parava para dar lugar a um jovem rapaz que sentava perto da calçada tirando algumas canções do violão. Um senhor rotundo, metido eternamente numa camiseta regata verde, ficava sentado à porta, ouvindo rádio e olhando a rua. Meninos … Continuar lendo Rua das Sete Casas

Pérola

Interrompi os trabalhos pra fazer essa historinha sobre a Pérola, nossa cachorrinha que morreu esse ano. Não tive vontade de desenhar nada sobre a Pérola quando ela morreu, há alguns meses, porque tem certos assuntos que acho que não tem nada a ver eu ficar expondo na rede. Não estou criticando quem faz isso, só estou falando de mim. Mas na semana passada tive esse sonho… E achei curiosa a maneira como a Pérola me chama nele. Aí fiquei com vontade de transformar em HQ. É isso, espero que gostem. Também disponível no Issuu. Continuar lendo Pérola

O dia em que eu vi o Super-Homem

Sabia que, quando criança, eu vi o Super-Homem na rua? Não, claro que não sabia… Essa história, que eu me lembre, nunca tinha contado a ninguém a não ser à Sayonara uns tempos atrás. E desde então ela pega no meu pé por causa disso. 🙂 Vivia dizendo que daria uma boa história em quadrinhos. Eu dizia que não, que era só uma “bobagem de criança”… Ela insistia que sim, eu que não, ela que sim… Pelo sim, pelo não, resolvi fazer… O resultado está aí. Se vocês não gostarem, a culpa é dela. Se gostarem, também! 🙂 Também disponível … Continuar lendo O dia em que eu vi o Super-Homem